Residência na Itália

1

Olá pessoal, tudo bom?

Primeiramente gostaria de parabenizar o site e a participação do pessoal. Estou lendo várias perguntas que estão me ajudando muito no processo de ida a Itália para retirar a cidadania italiana.

– Gostaria de saber de vocês como está o mercado imobiliario da Itália ? Aquecido ? Preços bons ?
– Quais sites eu posso realizar pesquisas para comprar um apartamento/casa ? Alguma região especifica ?
– Terceira e última pergunta: Para o processo de cidadania eu obrigatoriamente tenho que alugar uma casa ou apartamento inteiro ? Ou posso apenas alugar um quarto e solicitar a carta do dono da propriedade alegando que irei ficar os 3 meses ?

Se tiverem interesse em compartilhar suas ideias e experiências comigo, enviem um email para:
“lucasigismondi@gmail.com”.

Obrigado e ótimo dia a todos.

Comments

comments

1 RESPOSTA

  1. O mercado imobiliário na Itália está desaquecido, ou seja, ninguém compra e ninguém vende, mas ao mesmo tempo os preços não caíram tanto assim porque as pessoas preferem não vender e esperar para ver o que acontece.

    O site mais famoso da Itália se chama casa.it Obviamente as cidades mais importantes são mais caras (ex. Florença, Roma, Milão, Veneza). As cidadezinhas nos arreores um pouco mais baratas (mas não se iluda).
    Antes de comprar casa é importante que esteja tudo regular, especialmente no caso de casas antigas (a rede elétrica, gás, etc). Se você não tem nenhuma experiência, as agências podem ser úteis porque em geral dão uma assistência nesse sentido (mas obviamente levam uma boa comissão por isso).

    Na minha época bastava alugar um quarto e fiz um contrato pelo aluguel de um quarto. O problema é que nos últimos anos fizeram uma lei, que o proprietário de casa que aluga para um imigrante ilegal agora tem vários problemas e se a sua cidadania levar mais de 3 meses para sair, você já está ilegal. Se não me engano, tiraram o permesso in attesa di cittadinanza que existia na minha época. Melhor se informar direitinho sobre essa burocracia.

    Abs

    Barbara

Se você sabe, responda:

Please enter your comment!
Please enter your name here