Morar na Itália

2

Estamos começando a amadurecer a ideia em morar na Itália. Meu marido e eu, temos duas filhas de 4 e 6 anos e eles (filhas e marico) já possuem cidadania italiana. Estamos muito insatisfeitos com o sistema político e social do Brasil e com o objetivo de proporcionar às nossas filhas um lugar melhor para viver e crescer, temos pensado na Itália, Porém, a crise econômica da Europa do momento, também nos deixa na dúvida se seria o melhor lugar para proporcionar um futuro melhor a elas. Com relação a trabalho, hoje nós somos profissionais liberais com atividades profissionais que complementam a nossa renda, pois temos uma renda mensal de aluguéis que nos dá uma segurança em morar em outro País, sem se preocupar nas condições básicas de sobrevivência.
Gostaria de ouvir a opinião daqueles que já vivem na Itália.Obrigada.

Comments

comments

2 RESPOSTAS

  1. Olá Regina, tudo bem?

    Se você não depende de trabalho na Itália, a coisa fica um pouco mais fácil.
    Embora o cenário para as novas gerações seja bastante pessimista, pelo menos é o que sai nos jornais diariamente.
    Obviamente cada um cria o seu destino, isso independente do país.

    Sem dúvida nenhuma na Itália existe uma riqueza cultural difícil de encontrar em qualquer outro país do mundo. A comida é ótima, mas para quem gosta da verdadeira comida italiana, porque em geral existem muito menos opções internacionais como por exemplo em uma cidade como São Paulo.

    A qualidade de vida ainda é superior ao Brasil (do ponto de vista de serviços como educação, sistema de saúde, etc). No entanto, aqui começam os grandes cortes que fazem a gente se preocupar. E serviços que eram muito bons começam a ficar mais lentos (por exemplo uma fila de espera de 1 mês para fazer um exame que antigamente era quase imediato).

    E por fim, a gente costuma sentir saudades do calor… porque depende de onde você for morar na Itália, é difícil aguentar 8 meses de frio, 2 de temperatura normal e 2 de temperatura tórrida.

    Um abraço,

    Barbara

Se você sabe, responda:

Please enter your comment!
Please enter your name here