Crise

26

Eu gostaria de saber como a crise européia está sendo sentida pelos italiano e estrangeiros, mas efetivamente falando. Tenho parentes na Itália, e eles dizem que a crise não chegou no bolso deles (e não são ricos não). Pergunto isso pois irei retornar agora no meio do ano com minha família, mas estou receosa com o que poderei encontrar. Muito obrigada, desde já. Raquel

Comments

comments

26 RESPOSTAS

  1. OI Raquel,

    Acho estranho eles falarem que a crise não chegou no bolso deles.
    A gasolina custa 1,80 o litro, o preço mais alto dos últimos tempos. Consequentemente tem um aumento geral dos preços: dos alimentos no supermercado, dos produtos que como você sabe na Italia chegam através de caminhões (que fizeram greve recentemente bloqueando meia Italia, a notícia chegou no Brasil?)

    Além disso o governo acabou de preparar um pacotão de impostos, na vida das famílias isso representa uma despesa extra de uns 2000 euros ao ano.

    Vejo muita gente perdendo emprego, quem trabalha hoje em dia tem que se sujeitar a uma vida nada fácil: tem que dizer sempre sim porque os contratos de antigamente ninguém faz e você pode ser mandado embora do dia para noite. Sem falar nos benefícios de antigamente: férias, 13, licensa maternidade.

    Quem consegue ainda manter o contrato, pode sentir menos o impacto na pele. Mas quem chega agora e vai procurar emprego, consegue no maximo um contratto a progetto, P. Iva, ritenuta d’acconto e se der realmente sorte um a tempo determinato.

    Nos próximos dias deve vir uma mudança do governo em relação aos contratos de trabalho. Vamos ver o que vem por aí.

    Para quem tem uma casa propria na Italia e ainda tem o emprego do passado, talvez o impacto seja menor. Mas para quem vai começar hoje, não vejo um futuro róseo.

    Honestamente na minha opinião não vale a pena que uma pessoa de classe média no Brasil venha morar na Italia neste momento. Vale muito mais a pena vir nas férias.

    Essa é somente uma opinião pessoal….

  2. EU NAO ACONSELHO NAO.FICA NO BRASIL QUE ELA VAI GANHAR MUITOS E SE ESTRESAR MENOS.EU MORO NA SARDEGNA TENHO PERMESSO DI TRABALHO.MAS ESTOU VOLTANDO PRO BRASIL.ENGRAçADO QUE RECEBI UMA PROPOSTA DE CASAMENTO POR 5 MIL EUROS.E LEMBRO QUE QUANDO EU FUI PARA ITALIA EM 2004 EU QUERIA PAGAR UMA SENHORA PARA CASAR COMIGO PARA TER O VISTO.HOJE SAO ELA QUE QUEREM FAZER AL CONTRARIO.BRASIL EU TE AMO MINHA TERRA MINHA CASA,ITALIA JA ERA.

  3. VC NAO LE JORNAL,NAO VE TELEVISAO.NAO E SO ITALIA QUE ESTA EM CRISE,E A EUROPA.
    SE SUA FAMILIA NAO FOI AFESTADA COM A CRISE PQ TEM ALGUMA COISA ERRADA,DEVEM SER POLITICOS TRAFICANTES,OU ALGUMA COISA A MAS PQ A CRISE TEM SIM.CONHESO GENTE QUE TRABALHA NO INPS A 38 ANOS GANHA 1300 EUROS POR MES,E ESTA VIVENDO MAL GANHANDO 1300 EUROS POR MES.ELE NAO PAGA ALUGUEL NAO E CASADO,NAO TEM VIDA MONDANA DE BANGUNçA.
    MAS ELE PAGA LUZ ,TEL,AGUA,IPTU,CARRO,SEGURO DO CARRO,TAXA DE LIXO.PAGA A TAXA ANUAL PARA VER TV,GAZOLINA,COMIDA. ETCCCCCCC.
    AGORA ME DIZ COMO PODE VIVER COM 1300 EUROS.?

  4. Na minha opniao se vc vem tentar a sorte aki, sem casa, trabalho e nao tem um marido italiano cheio da grana fica por ai mesmo, as taxas subiram muito e aki na italia tem uma tal de Iva em cima de tudo aquilo que compramos, praticamente aki se paga o ar que respiramos…A gasolina entao nem se fala. Mts fabricas fechando e deixando mts trabalhadores em casa. Gente que nao sabe o que fazer e que as vezes chegam a se suididar (coisa de italiano mesmo). Eu estou voltando para o Brasil sem arrependimentos. Boa sorte seja qual for a sua escolha!!! Opniao pessoal ta gente.

  5. olha,gente es vredade que o brasil esta bem mas ñao pençe que la esta um mar de maravilhas,si vc tem estudos i carreira profissional mas provavel que vaia tudo bem,mas si vc ñao fez seu pe de meia la ñao pense que la esta melho,porque vc vai se enganar,vivo en españa i trabalho em francia i ainda ñao queiro vouta¡¡¡¡¡¡

  6. Me mudei para Milão com o meu marido, que tem dupla cidadania há 4 meses com o objetivo de estudar e trabalhar.
    Nós falamos bem a língua ele tem cidadania e não conseguimos emprego até agora…
    Quando eu cheguei havia ainda vagas de trabalho mais simples, mas não trabalhava pela falta do permesso de soggiorno.
    Agora com ele em mãos, não consigo nem as vagas mais para enviar CV. Isso porque as pessoas estão com medo de contratar e não conseguir bancar o salário depois.
    E nós dois somos formados no Brasil com toda a documentação transferida para cá.
    É um péssimo momento para vir para cá, eu estou voltando em abril para o Brasil.
    Fui na embaixada brasileira e fiquei assustada com a quantidade de italianos pegando vistos ou transcrevendo certidões de casamento para irem com seus cônjuges brasileiros tentar a sorte no Brasil.
    Os grupos de emprego do Linkedin só falam de emigração, bons lugares para trabalhar fora da Itália, e a aposta atual deles é exatamente o nosso país…
    Você pode vir tentar a sorte se quiser, mas eu fiz isso, perdi muito dinheiro, não conseguimos arrumar emprego nem de garçons e agora vamos ter que voltar para o Brasil com o rabinho entre as pernas e recomeçar tudo do zero…Sinceramente, ñão aconselho.

  7. Dépende Da situacao que Tem no Brasil . Mal Por mal o melhor e ficar no Brasil sempre esta com os familiares e Tem sempre com Quem contar . Por italia esta muito ruim . Eu moro Em Paris mas Nao a aconselho a deixar o seu lindo pais . A saudade chega depressa depois esta muito longe dos seus e a crise actual na europa questao financeira nao a vai ajudar nada.

  8. Eu moro em Milao ha dez anos,trabalhamos eu e o meu marido,e sempre vivemos normalmente,uma vida simples,a nossa intençao era de economizar para voltar para o brasil,mas depois de 10 anos percebemos que economizar era impossivel.Mas ultimamente as coisas estao mais dificeis ainda.O nosso sonho continua ,mas esse ano voltaremos para o Brasil e recomeçaremos uma nova vida.Eu nao aconselharia a Italia nesse momento, Pois trabalhar para chegar ao fim do mes ,podemos fazer isso ai no brasil também.beijosssssssss.Maria

  9. Bem, é verdade. Bárbara, fiquei sabendo sim, mas nao pelo noticiario brasileiro, que alias não chega quase nada de notícias da Italia. Enfim, fiquei sabendo da extensão da crise pela Rai Internazionale, que acompanho todos os dias. Mas achei estranho dos parentes do meu marido falarem que a crise não existia. Talvez seja porque eles são do Sul da Calabria, moram numa cidadezinha minúscula, no meio do nada..
    Obrigada pelas opiniões!
    Abraço
    Raquel.

  10. Ola pessoal,
    Achei muito interessante essa pergunta e vi no bog uma maneira honesta de termos reais informacoes sem a mascaracao da midia.
    Talvez sua familia nao tenha sentido a crise por serem brasileiors e terem vivido uma eterna crise no Brasil. Querem saber a ralidade brasileira? Vou contar.
    Os precos de produtos, alimentacao, moradia, etc similares aos seus em euros nada abaixo. o carro popular o mais barato custa 10.000 euros se quiser comprar um apartamente popular em conjunto habitacional uns 100. 000 euros, um belo apartamento em uma regiao nobre nao pense em menos de 600.000 euros. O salario minimo o qual a maioria da populacao esta empregada 248 euros. ? Saude um fiasco, nada funciona, horas nas filas sem ser atendido
    l, mesmo vc pagando plano de saude, seguranca inexistente, tipo nao poder andar de bike sozinho em lugar nenhum pois com certeza vai ser assaltado. ?. Viagem nas estradas impraticavel pois elas estao um lixo, e mais impostos hahahahaha quer saber? Tenho uma pequena loja de bike onde trabalhamos eu e meu marido mais 1 funcionarios, faturamos mensalmente cerca de 28.000 euros onde 10.000 sao pagos aos impostos, o que nos sobra 2000 euros, isso sonegando galera e sendo fiscalizado e multado, ok. Da para sobrviver. ?. nao. ?. Eu sobrvivo, gracas aos meus pais que me deixaram herancas e rendas… Essa e a ralidade brasileira atual. Vivemos bem, sim pois sou uma privilegiada nao por meu suor e olha que trabalho duro todos os dias da semana, sabados e varios domingos, pois o comercio aqui nao fecha para almoco nem para ferias nem para nada. ?. E quer saber mais a classe baixa melhorou, segundo eles sim, sabem porque. Porque agora conseguem comprar um ipad, ou uma televisao, ou viajar de aviao o que consideram mais importante do que colocar seu filho na escola, porque cultura aqui e inexistente. ?. E o transporte, ,, um caos. ?.sbe qual a media de tempo para se chegar ao trabalho 2 hora de ida e 2 de volta. ?. Existem ciclovias ou ciclofaixas. ?. Nao. ?. As que estao comecando a nascer viram estacionamento de carros e cacambas. ?. E dissem que o Brasil e a bola da vez. ?. Inacreditavel

  11. Oi Lilian,

    Entendo a sua perplexidade, mas na Italia não é tão diferente assim, com exceção da parte sobre o assalto.

    Aqui um carro popular mais barato também custa 10.000 euros. A gasolina chegou nos 2,00 euros o litro! Um apartamento no meio do nada custa 100.000 euros, e um apartamento de frente para o Coliseu em Roma certamente passa dos 600.000 fácil. O que você chama de belo apartamento aí tem 300 metros quadrados, um apartamento na Italia em geral se chega a 100.000 metros quadrados é já um luxo (ou uma casa velha).

    Os impostos aqui também são massacrantes e o atual governo italiano está fazendo com a Italia o que fizeram com o Brasil no passado: cortando saúde, educação, aumentando os impostos da parte mais frágil da população enquanto os ricos ficam cada vez mais ricos. Se continuar por esse caminho, não sei como será a Italia daqui a 10 anos, quer dizer, será sempre um país rico de história, cultura e arte por toda parte, mas como estarão os italianos e quem vive aqui?

    O Brasil ainda tem um longo caminho para percorrer, mas se souber investir corretamente, pelo menos até 2016 a crise não deve chegar por aí. Depois das olimpíadas e copa do mundo vamos ver, mas tem muito dinheiro circulando no Brasil neste momento. A maior prova são os preços altíssimos das coisas que em 5 anos equivalem praticamente aos preços italianos. É por isso que neste momento vir aqui a turismo é uma maravilha. Para morar é outra coisa.

    Você fala de faturamento de 28.000 euros ao mês. Aqui o salário médio é de 20.000 euros ao ANO. Lógico que faturamento é diferente de salário, mas se você fizer bem as contas, vai ver que vive em um mundo dos sonhos e não se deu conta.

    A classe média brasileira chega aqui e sofre porque acha humilhante limpar a própria casa, porque acha que só porque tem um diploma universitário é alguém especial. Aqui nada disso vale. Aqui pode acontecer do pedreiro da sua casa ganhar mais que você, uma coisa impensável no Brasil.

    É claro que com o tempo e o triplo do sacrifício você consegue ter uma vida boa aqui também. Mas não é simples e nem fácil. Na Italia as portas se abrem para americanos, ingleses. Os brasileiros tem que primeiro construir a estrada para chegar até a porta…

    Mudar de país pode até ser uma opção válida mas, na minha modesta opinião, largar tudo para vir morar na Italia não é, especialmente para quem já tem uma vida encaminhada por aí. Mas essa é só uma opinião.

  12. Olá pessoal, estive na Italia em maio a turismo e pouco que vi é bem diferente do Brasil, talvez para morar seja diferente então vou colocar aqui algumas situações e gostaria que alguem me dissesse como é aí na Italia.

    média de salario ( de atendente, garçom, auxiliar de qq. coisa, telemarketing,)
    R$ 1.000,00
    media de salario ( chefe de depto., gerente de vendas, gerente financeiro, gerente de loja , qq. gerente) acima disso só existem cargos tipo diretor e presidente)
    R$ 2.500,00

    a grande maioria ganha R$ 1.000,00 ( o salario minimo oficial não chega a R$ 700,00)

    moradia : 700,00 ( 2 quartos , sala, coz. e banheiro p/ casa pequena ou apto. de 50m²)

    energia eletrica: taxa minima ou seja se morar sozinho R$50,00 p/ uma familia de 4 pessoas R$ 150,00

    agua: o mesmo valor da energia eletrica

    alimentação e Higiene:

    Arroz: R$ 8,00 5 kilos
    oleo: R$ 3,00 litro
    feijão : 3,00 o kilo
    carne: 16:00 kilo
    coca-cola: 3,50 por 2 litros
    pão : R$ 0,50 cada
    cerveja: R$ 1,70 a lata
    shampoo da marca pantene : R$ 6,00
    sabão em pó omo ou ariel: r$ 6,00 o kilo
    sabonete r$ : 0,90 cada

    Transporte:
    gasolina: R$ 2,60 o litro
    onibus: 3,00
    Transito: da minha casa ao meu trabalho são 19 km eu demoro 1:30 hs. de carro de onibus 2:30 hs.
    carro corsa simples sem nada novo R$ 35.000,00 (para um brasileiro ter um teria q. trabalhar 35 meses sem tirar 1 centavo para ter um.)

    Roupas:(não são marcas conhecidas ou seja de baixa qualidade)
    calça jeans: R$ 80,00
    camiseta: R$ 20,00
    tenis: R$ 100,00
    sapato baixo fem.: 60,00

    impostos é dificil pq aumentou muito, temos ICMS, PIS, COFINS, IVA, SUBISTITUIÇÃO TRIBUTARIA NA MAIORIA DOS PRODUTOS, IMPOSTO DE RENDA, ISS não lembro de todos …mas apenas o ICMS é 18% … o Brasil trabalha de janeiro até março .. 3 meses para pagar impostos

    Obs: a propaganda que fazem do brasil aí fora está fazendo os brasileiros retornarem, porem tenho familiares q. moravam em Londres, em Barcelona e até mesmo nos EUA voltaram para o Brasil e depois de seis meses não aguentaram pagar muito ganhando pouco e voltaram para a europa, apenas os que não tem cidadania permancem no Brasil.

    Se alguem puder fazer essa comparação eu agradeço ou se quizerem saber a real situação do Brasil meu e-mail é andrealealm@gmail.com

    Abraços

  13. OI Andrea,
    Vamos la:

    média de salario ( de atendente, garçom, auxiliar de qq. coisa, telemarketing,)
    Euro 1.000,00
    media de salario ( chefe de depto., gerente de vendas, gerente financeiro, gerente de loja , qq. gerente) acima disso só existem cargos tipo diretor e presidente)
    Euro 1.500,00

    a grande maioria ganha Euro 1.200,00 ( o salario minimo oficial varia de acordo com o contrato da categoria, mas eh sempre em torno a 1000 euros)

    moradia : Euro 700,00 ( 2 quartos , sala, coz. e banheiro p/ casa pequena ou apto. de 50m²)

    energia eletrica: taxa minima ou seja se morar sozinho Euro 50,00 a cada dois meses

    aquecimento: Euro 800 ano

    agua: o mesmo valor da energia eletrica

    Transporte:
    gasolina: euro 2,00 o litro
    onibus: euro 1,40
    Transito: depende onde vc mora, mas nao eh como Sao Paulo
    carro: a partir de 11.000 euros um modelo simples

    Valores de roupa variam, por isso nao publico aqui.
    Sobre supermercado confira um site como esselunga.it

    Abs Barbara

  14. ps: Na italia existem o abbonamento para onibus e trens regionais. Isso significa que vc pode pegar quantos onibus quiser em um mes solar por um preço fixo. Nao sei quanto eh ultimamente, talvez uns 36 euros.. (varia de cidade a cidade)

  15. Obrigada Barbara, as roupas coloquei valor q. se paga no Bras na feira da madrugada q. é o mais barato.. roupas de marca conhecida estão bem acima disso, mas realmente o custo de vida é mais baixo do q. no Brasil.
    A crise no Brasil existe sim, mas o brasileiro ja está acostumado a diferença é q. abriram credito para classe menos favorecida e parcelas a perder de vista o que está proporcionando ao brasileiro ir viajar para fora do país, comprar eletrodomedticos, eletronicos, carros etc…o que antes era muito dificil…uma boa parte das pessoas que moram em São Paulo estão se mudando p/ interior e nordeste, o nordeste cresceu muito .. devido aos baixos impostos e ao turismo industrias estão se mudando p/ lá o q. faz aumentar a oferta de trabalho…mas no Brasil está em falta mão de obra qualificada…a geração de 1980 p/ frente estudam p/ cargos executivos ou p/ medicos, dentistas advogados etc… então pedreiro, eletrecista, soldador, faxineira, pintor…está em falta.

    mais uma vez obrigada

    Abraços

  16. Oi Andrea,
    Você tem razão: falta mão de obra especializada no Brasil. Muitos engenheiros europeus tem ido trabalhar no Brasil, pelo menos pelo que tenho lido em jornais, revistas e livros sobre a economia brasileira neste momento.

    Sobre a questão dos trabalhos como faxineira, pintor… antigamente era gente que trabalhava sem contrato de trabalho, segurança, era uma espécie de “bico” que durava uma vida inteira. Hoje a coisa está mudando, outro dia li no jornal sobre o sindicato das domésticas. Acho que no fundo isso é uma coisa boa. O salario das pessoas deveria permitir uma vida digna, com saude, educaçao, alimentaçao e moradia de qualidade. Desse modo a criminalidade certamente diminuiria tanto. Como o preço dessa mao de obra aumenta, eh natural que a classe media em geral acabe tendo que abrir mao de certos serviços. Alias, eh uma coisa que acontece aqui na Europa e nos EUA.
    O interessante eh que com a crise na Europa, as diferenças sociais estao aumentando aqui na Europa, e consequentemente, a violencia… Infelizmente.

  17. Pessoal, eu vejo a maioria das opiniões contrárias em morar na Itália e não me convenço. Talvez para mim a questão não seja: a Itália é ideal em relação ao Brasil, e sim, o Brasil para mim está saturado.

    Duas questões básicas: trânsito e criminalidade. Não se pode abrir mão do carro pois não há infraestrutura (ônibus demoram muito e quando chegam estão extremamanete lotados, muitos não param; não há trens nem metrô, exceto poucas linhas em SP. Eu moro em Porto Alegre, não existe!) Porto Alegre é uma cidade que pode ser considerada calma, se considerada a SP ou Rio de Janeiro. Mesmo assim já fui assaltado 2 vezes a mão armada. Meu carro já foi furtado 2 vezes. A casa dos meus pais foi invadida 2 vezes.

    Fora isso não temos, ao menos no sul opções de restaurantes com pratos a 7 ou 10 euros como vi na itália. Aqui o negócio é buffet livre. Cerca de 8 a 10 euros. Os restaurantes que trabalham a la carte se acham de luxo, e o valor por prato parte de 12 a 15 euros. Ainda assim as opções são pouquíssimas. São Paulo e Rio de Janeiro um pouco melhor, mas lá os preços são mais caros ainda. E o trânsitoe a violência também são piores.

    Sou técnico em telecomunicações e ganho cerca de 1200 euros. Moro num bairro nobre num apartamento de 100m2 que paguei 100 mil euros e hoje já vale 150.000. Eu consigo 700 euros pelo aluguel do apartamento. Se esse mesmo salário de 1200 euros me permitir viver num apartamento de uns 50m2 eu ficaria muito feliz em morar perto dessa riqueza cultural que é a Itália. Se me sobrar ao final do mês 200 euros pra fazer um passeio por outra cidade ou país a cada 2 meses estarei muito contente. Só me pergunto é se conseguiria trabalho como técnico ou mesmo um posto mais simples, porém digno.

    Obrigado!

  18. Eu morei numa província de Milano em 2011. Vi vários galpões pra alugar, fábricas fechadas. mas o pessoal com quem eu morava estavam trabalhando, o rapaz trabalha numa fábrica com contrato a tempo indeterminado.
    Eu não consegui trabalho, mas tb, logo quando peguei minha cidadania voltei para o Brasil, não paguei para ver, por isso não tenho o como falar como realmente está. Claro que vi alguns italianos reclamando da falta de emprego.

    O que eu posso dizer é o que eu vi: Mesmo com a crise, e todo o pessoal aqui falando que os preços lá subiram, achei mesmo assim o custo de vida lá mais baixo que aqui. O Brasil sim é um país extremamente caro, onde tudo aqui ocupa a posição de se não “O mais caro” ou um dos mais caros do Mundo, ex: os carros aqui, além da péssima qualidade deles. Ah, os alimentos aqui tb são caros, a banda larga aqui é ruim de mais e uma das mais caras, a gasolina então….any way… mesmo com a crise lá, a qualidade de vida lá é mto melhor que aqui.
    Onde eu morei não vi e nem fiquei sabendo de 1 assalto, roubo, não via marginais, como aqui.

    Quero muito voltar, e parece q não tem pra onde correr, ficar aqui nesse país sem educação e sem vergonha na cara me dá desespero, e o país que amo, a Itália está mal…

  19. Estive na Itália a 5 anos atras estava ganhando 3.000 Euros por mês,pagava 400 Euros de aluguel em uma casa com com mais ou menos 200m2 e 4 quartos comprei um Pegeot 307 completo e com 7 Airbag por 8.000 Euros pagava 1 euro pra andar de transporte publico que é um luxo se comparando ao do Brasil viajava de trem com mesa tomada e internet de alta velocidade 7mega e pagava em média de 35 Euros pra andar 700 km comprava chocolate Suíço A 0,50 euros a barra e muitos vinhos da Europa a 1 Euro Ou seja trabalhava pouco e se divertia bastante, me chamaram pra trabalhar de volta no Brasil pra ganhar na época 9.500,00 Reais no primeiro ano foi bom mas começou as baixas e hoje 28-01-2013 estou devendo pra vários bancos, pra receita e até pro meu Pai, minha mãe foi atropelado no interior do Paraná por um motorista imprudente, fui assaltado duas vezes, minha tia morreu na fila do hospital, dois amigos meus fora assassinados por traficantes nunca na historia se roubaram tanto como nesse governo, não se vê uma escola nova pra ensino médio então parem de mentir sobre a Europa porque o Brasil é um país bom mas a merda são estes políticos que só defendem as empresas e patrimônios deles e precisaria de pelo menos mais 500 anos pra se comparar a qualidade de vida do pior lugar da Europa mas se você não tiver pressa pode espera ou então se mude já pra Itália que lá você não passa fome e dificilmente vai ser assaltado.

  20. Olá a todos! Eu acabei indo em abril de 2012 e realmente no momento, prá quem não tem um “portafoglio pieno”, ou seja, uma carteira beeem recheada, marque sua passagem de volta para 2 meses no máximo!
    È aquele negócio, depende da sua situação, tanto financeira quanto documental/legal. Eu pessoalmente, nem me arriscaria se não tivesse a cidadania italiana, mas como não foi esse o caso, o problema foi a quantia que não foi suficiente para os 3 meses que eu pretendia permanecer lá..
    Não me arrependí, foi muito legal, minhas filhas agora estão mais velhas, elas super adoraram e tal, mas gastamos muuuito muuito dinheiro.
    Então, não querendo ser uma pessoa chata, daquelas que querem estragar seus planos e sonhos, mas gente, REALMENTE não é uma boa hora.. a crise é financeira, é política, enfim… não estou falando da boca pra fora!! E gente, eu quero que todo mundo seja feliz e não que vá e dê com os burros n’agua..
    Bem, eu fiquei no sul, e por lá está quase impossível, na minha opinião.
    Lembrem-se: carteira recheada! Está bem difícil para arranjar trabalho..
    Boa sorte para nós que amamos (ou não) a Itália!!
    Um beijo, Bárbara!
    A presto!!
    Raquel

  21. O Brasil terra amada???? Porque nunca recebeu um cano de 38 na cara! Pessoas que dizem isso são patriotas de jogadores Brasileiro, ou riquinhos aqui no Brasil que anda com carro blindado e gosta de jogar dinheiro fora com taxas e impostos roubados, pois então ama a violencia, corruptos, leis de porcaria, preço alto. É totalmente erronio e ilusorio converter euro para real, aqui nesse lixo de país paga taxa absurdas em tudo, paga ipva, seguro, plano de saude de valores altíssimos e sem retorno nenhum, e dai que a gasolina é alto, la você ganha em outras coisas, pensamento idiota comparar pais da europa com o Brasíl.
    Vai la na rocinha dar uma volta então, sai na sua cidade com celular na orelha tres horas da madrugada, ve se volta pelo menos vivo para casa.
    Babacas consumistas que ama putaria de carnaval e corrupção.

  22. Sr.Afonso….Dissestes bem…A Crise é um mal universal…Pode-se morrer de fome ou viver bem em qualquer lugar do mundo, mas sobreviver sob o julgo da corrupção, da violência e ainda se enganar que isto sim é pais das maravilhas, por que tem carnaval o ano inteiro??? Amo o Brasil, a Terra, Nação…Mas não no que o transformaram…Eu nasci em São Paulo….Um dia acordei, pensei, fiz minhas malas, mudança e fui pra uma tranquila cidade do interior e estou aqui ate hoje…Com o sem crise, tenho casa própria, carro um bom salario pra alguém aposentada. Mas ainda continuo no Brasil, onde a violência impera, longe ou perto…Anseio ir pra Itália, não por fins financeiro, mas pq aprecio a cultura, a arte desse país e claro, poder viver em paz e não ter que de repente ou a todo momento, descer de um ônibus e ser surpreendida por dois bandidos armados e sob a mira de um revolver, por pouco não ser sequestrada e morta, como ocorreu comigo anos atrás na cidade em que nasci, me criei,me formei, vivi…Bye bye, Brasil!!!!!Mostra a tua cara..quero ver quem paga, pra gente ficar assim!

  23. Percebi que os comentarios sao antigos e gostaria de saber como a italia esta hoje. Visitei alguns sites de emprego na Italia e percebi que tem muito trabalho, isso leva a crer que as coisas estao mudando e que a Italia mais uma vez esta saindo do vermelho. O site poderia publicar algo nesse sentido

  24. Eu estou pesquisando cidades na i
    Itália para me mudar gostaria também de opiniões, comentários atuais da situações que se encontra e sugestões de brasileiros na Itália.

Se você sabe, responda: